Wagner Ramos pede a Blairo viatura para o Corpo de Bombeiros de Tangará

Notebook, carteiras, mesas para refeitório e ar condicionado para a Escola Pedro Alberto Tayano, também na cidade, foram solicitados pelo parlamentar

O deputado Wagner Ramos (PR) pediu ao governador Blairo Maggi e ao secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Diógenes Curado, a aquisição de nova viatura modelo “Auto Bomba”, de combate a incêndios, para Tangará da Serra.
O parlamentar ressaltou que – por ser considerado pólo regional – Tangará tem atribuições e responsabilidades abrangentes no atendimento a necessidades de inúmeros municípios e distritos vizinhos, entre elas ocorrências e necessidades supridas pelo Corpo de Bombeiros Militar.

“Além da grande demanda nesse setor, a viatura de combate a incêndios que atende a região está comprometida por vários problemas, situação que coloca em risco a eficiência dos trabalhos que realiza e a integridade dos cidadãos que atende”, disse Wagner Ramos.

Situado a 242 km da capital, no sudoeste mato-grossense, Tangará da Serra tem cerca de 80 mil habitantes, mas atende uma região considerada em expansão e com 300 mil habitantes. Segundo o site www.bombeiros.mt.gov.br, a 3ª Companhia Independente de Bombeiros Militar – Tangará da Serra, criada há 10 anos, tem sob sua responsabilidade uma população estimada em mais de 192 mil pessoas.

A área de atuação da 3ª CIBM compreende os seguintes municípios: Campo Novo dos Parecis, Brasnorte, Barra do Bugres, Nova Olímpia, Denise, Porto Estrela, Arenápolis, Nortelândia, Santo Afonso, Nova Marilândia, Diamantino, São José do Rio Claro, Alto Paraguai e Nova Maringá.

Educação
Em outra incursão junto ao governo, Wagner Ramos também solicitou a Maggi e – desta vez – ao secretário de Estado de Educação, Ságuas Moraes, a compra dos materiais a seguir para a Escola Estadual Pedro Alberto Tayano, também em funcionamento em Tangará da Serra:
- 300 carteiras de estudantes
- 01 notebook para a educom rádio
- 06 mesas padrão para refeitório
- 01 ar condicionado de 9000 BTU’s para a Educom rádio

“Nossa reivindicação se justifica pela inexistência desses materiais. Essas deficiências proporcionam desconforto aos nossos alunos e atrapalha o rendimento deles. A aquisição desses produtos vai representar melhor aprendizado”, salientou o líder do Partido Republicano na Assembléia Legislativa.

FERNANDO LEAL
Secretaria de Comunicação

Nenhum comentário: